Arranque este novo ano escolar com uma ida à reciclagem, ou melhor, ao supermercado! Quando for às compras, não se esqueça de levar os cadernos e folhas usadas que tem lá em casa e deposite no “cadernão”!

Até 18 de setembro, o Continente, em conjunto com a marca de cadernos Oxford, está a recolher cadernos e folhas usadas com o intuito de as encaminhar para a reciclagem. Para chamar a atenção dos consumidores, há um ponto de recolha destes materiais, designado “cadernão”.

Se lá por casa tem cadernos antigos e papéis já usados, junte tudo e leve-os até um hipermercado Continente. Claro que pode também encaminhá-los ao ecoponto mais próximo. O importante é alimentar a Economia circular.

Para que serve o “cadernão”?

Esta iniciativa tem dois grandes objetivos. Sensibilizar e incentivar os consumidores a separarem, neste caso, os seus papéis usados e cadernos completos é o primeiro.

Dar uma nova vida a estes materiais, através da reciclagem, permite não só criar novos produtos para, por exemplo, um próximo regresso às aulas, como evitar o abate de árvores para produzir novas matérias primas.

Ajudar na reflorestação de Portugal é o segundo eixo de ação desta iniciativa. Por cada tonelada de papel depositado nestes pontos de recolha, a Sonae, empresa detentora da marca Continente, vai plantar 20 árvores.

cadernão

Estas árvores irão ganhar nova vida na Floresta Sonae, uma área de 1.100 hectares situada em Mangualde. A plantação irá guiar-se por critérios de diversidade e anti-incêndio e terá também como função compensar as emissões de carbono emitidas pelo grupo em que o Continente se insere.

Onde posso encontrar um?

Estes contentores estão às portas dos hipermercados Continente e das lojas Continente Modelo de Elvas, Portalegre e Bragança. Mais especificamente, vai encontrar o “cadernão” junto dos restantes ecopontos.