Agora que os mais novos estão prestes a iniciar as aulas, chega a altura de repor o material escolar para mais um Ano Letivo. Como as preocupações ambientais fazem também parte da lista, a RECICLA deixa-lhe três sugestões bem sustentáveis para que este regresso às aulas possa ser mais ecológico.

Material Escolar ECO

Caderno ou dossier? Na hora de escolher, pense no que poderá durar mais tempo ou ser mais facilmente reutilizável.

Se optar por um ou vários dossiers, antes de comprar, confirme se os que tem em casa não podem ganhar um novo look e voltar às aulas. Com cartolinas, papel esponja, papel plastificador e um tema à escolha, qualquer dossier se torna novo e pronto para regressar à mochila.

Se os estudantes lá de casa são mais adeptos de cadernos, mas estes nunca chegam ao fim e acabam por não ser bem aproveitados, esta história tem as páginas contadas.

Agora já pode adquirir cadernos recarregáveis. Há quem lhes chame “caderno inteligente”, mas existem diversas marcas a comercializar cadernos semelhantes.

material escolar para o regresso às aulas mais sustentável

São cadernos com capa, contracapa e argolas de plástico semirrígido. O seu formato permite colocar e retirar folhas e recolocá-los pela ordem desejada. Passa, assim, a ser possível ter vários tipos de folhas num só caderno, que pode ser dividido em várias secções através de separadores. Existem ainda diversos acessórios que se podem juntar a esta estrutura e transportar grande parte do material necessário num só caderno.

Material tecnológico amigo do ambiente

A tecnologia já faz parte do regresso às aulas até dos mais pequenos. Se já encheu todas as pens e está à procura de uma nova, prepare-se para esta novidade: existem pens de armazenamento de dados feitas com matérias biodegradáveis, isto é, que têm maior facilidade em se decompor.

A tecnologia está cada vez mais empenhada em reduzir a sua pegada carbónica. Falamos da UME3 ECO USB, da marca polaca goodram. Já está à venda em Portugal e pode encontrar-se nas versões de 16, 32, 64 e 128 GB. Além do invólucro ser biodegradável, a sua embalagem é também 100% reciclável e feita de 85% materiais reciclados.

Lanches mais saudáveis e sustentáveis

Tal como a mochila, há que preparar a lancheira, seja com o almoço ou com os lanches para o meio do dia. Para tornar o ano letivo mais ecológico e saudável, opte por enviar almoços em caixas de transporte reutilizáveis, sejam elas de plástico ou de vidro, e talheres de casa.

No caso dos lanches, sempre que possível opte por produtos não embalados ou escolha aqueles que têm embalagens facilmente recicláveis (espalmáveis, rótulos pequenos, etc).

Faça deste recomeço letivo um regresso com R grande e com enfase no reutilizar e reciclar.