Amanhã é Dia da Criança e, por isso, um dia perfeito para pôr os mais novos a brincar e a aprender mais sobre o ambiente. Aproveite a ocasião e o bom tempo para fomentar a educação ambiental e passar bons momentos em família. Deixamos-lhe 7 sugestões!

A educação ambiental deve ser incentivada tanto a miúdos como a graúdos. E a razão é simples: tornar todos os cidadãos mais preocupados com os problemas ambientais.

Segundo a UNESCO, a educação ambiental para as crianças assenta em quatro objetivos:

  • Ensiná-las e dar-lhes maior conhecimento sobre a natureza e o ambiente;
  • Ampliar os seus conhecimentos sobre os diversos temas de ecologia, que vão desde energia, água, outros recursos naturais e biodiversidade;
  • Sensibilizá-las para os problemas ambientais;
  • Estimular o seu interesse pelo cuidado e melhoria do ambiente;

Para ajudar nesta “missão”, a RECICLA sugere-lhe 7 atividades:

Caça às embalagens perdidas

Lembra-se de o Gervásio ter iniciado uma missão para reciclar mais embalagens? Embarque também nesta aventura com um jogo simples que pode ser realizado tanto dentro de casa, como num jardim ou numa praia. A regra é só uma: quem encontrar mais embalagens “perdidas do seu ecoponto” ganha. No final, basta levar todas as embalagens para os ecopontos certos.

Crie uma pequena horta

Haverá algo mais divertido para as crianças do que deixá-las pôr as mãos na terra? Criar uma pequena horta em casa tem tanto de didático como de benéfico para si e para o planeta.

Para fazer a sua horta pode reutilizar materiais para fazer vasos, ensinar os mais novos a reutilizar água da chuva para regar, ou até a começar a compostar em casa.

Esta atividade desperta a curiosidade das crianças pelo desenvolvimento das plantas. Ajuda-as a ganhar mais paciência e responsabilidade e ensina-as a entender a importância da luz natural e da água no crescimento das suas plantinhas e, deste modo, a cuidar melhor delas.

O jogo da sustentabilidade

Nada como pequenas tarefas do dia a dia para incutir hábitos mais sustentáveis em casa. Aproveite o tempo com os mais pequenos e crie um mapa de boas ações, como apagar a luz quando se sai de uma divisão, fechar a torneira enquanto ensaboa as mãos ou escova os dentes, separar corretamente as embalagens.

Utilize cartões e cartolinas ou outros materiais de trabalhos manuais e crie uma tabela com o nome de toda a família em coluna. Em linha, coloque as ações sustentáveis que podem ser adotadas em casa. Enfeite com caricas ou tampinhas e, sempre que alguém fizer uma ação mais sustentável, atribua-lhe um ponto. Ganha quem, no final de cada semana, somar mais boas ações em prol do ambiente.

Atividades fora de casa

Jardim Zoológico

Passe pelo zoo de Lisboa e visite os animais que este espaço histórico da cidade ajuda a preservar. Num passeio em família ou entre amigos, esta atividade é o momento ideal para ensinar às crianças a importância do cuidado e da preservação da vida selvagem, alertando-as para alguns comportamentos que podem ameaçar as espécies. Especialmente dedicado às crianças, o Jardim Zoológico de Lisboa preparou algumas atividades. Um Ateliers de pintura, um peddy paper, ou uma conversa com um apicultor sobre o trabalho das abelhas na colmeia, há muito para ver e aprender.

Faça uma pausa no Bosque Encantado. Pare para um lanche nas mesas feitas com plástico reciclado e deixe os mais pequenos brincar nas casinhas, que também já foram embalagens.

Não termine a sua visita sem passar pela Loja Zoovenir. Aqui pode adquirir um conjunto de ecobags para melhor separar as suas embalagens em casa. Além disso, o valor da compra reverte para o Fundo de Conservação Animal.

Oceanário de Lisboa

Da selva para o fundo do mar, uma visita ao Oceanário de Lisboa é outra aposta divertida e didática para deixar os mais pequenos a par dos problemas marinhos e para lhes explicar como podemos ajudar a salvar os oceanos. Um gesto simples é não deixar lixos nas praias, mas há mais.

Passeio pelo parque biológico de Gaia

Não é um jardim zoológico, mas é o habitat de centenas de espécies de animais e plantas. O Parque Biológico de Gaia foi o primeiro centro permanente de educação ambiental do país. Com mais de 30 hectares de vegetação, o espaço tem percursos pedestres, ateliês de biodiversidade, entre muitas outras atividades para fazer em família e com amigos.

Museu da Cortiça

Também em Vila Nova de Gaia há um museu que dá a descobrir aos mais pequenos a importância da cortiça. No Planet Cork, os visitantes entram numa viagem pelo mundo desta matéria prima vegetal e que dá origem a uma indústria totalmente sustentável. Aqui, miúdos e graúdos podem aprender tudo sobre a sua produção.