Os seus filhos levam o almoço e o lanche para a escola? Faça deste regresso às aulas um ano sem desperdícios. Deixamos-lhe algumas receitas para que não lhe escape pitada e para que possa preparar refeições com zero sobras.

O desperdício alimentar é um problema social e ambiental que urge combater. Os dados mais recentes da organização não governamental WWF do Reino Unido dão conta de que, a cada segundo, 80 toneladas de comida são desperdiçadas em todo o mundo. Isto totaliza, ao final de um ano, 2,5 mil milhões de toneladas desaproveitadas.

Estes excedentes contribuem para aumentar o problema climático. Por um lado, estima-se que a produção de alimentos em todo o mundo seja responsável pelo consumo de 70% da água disponível, por outro lado, a agência especializada das Nações Unidas FAO (Food and Agriculture Organization) conclui que o desperdício alimentar é responsável pela emissão de 10% das emissões de gases com efeito estufa.

Ao serem depositados em aterro, os resíduos alimentares decompõem-se e libertam gases tóxicos, como dióxido de carbono e metano, responsáveis por agravar o efeito das alterações climáticas.

Por estas razões torna-se essencial não deixar que nenhuma refeição se estrague ou que nenhum alimento acabe no lixo. Há, claro, inúmeras formas de reaproveitar alimentos, a RECICLA deixa-lhe cinco possíveis receitas:

A sopa leva tudo e não desperdiça nada

Comecemos pela sopa. Os legumes que já não estão perfeitos para consumir apenas cozidos podem sempre ser aproveitados para o caldo. O mesmo acontece com aquele bocadinho de peixe, de arroz ou de massa que já ninguém vai comer, mas que, se for colocado no topo da sopa, ninguém diz que não. Esta é uma forma simples de aproveitar pequenas quantidades de comida que sobram, não são suficientes para uma refeição, mas que motivam miúdos e graúdos a experimentar a sopa.  

Croquetes sustentáveis

Sobrou carne e já ninguém quer repetir o almoço de ontem? Arregace as mangas e prepare-se para fazer croquetes.

Para cada 500 gramas de carne vai precisar de meia cebola picada, um ovo, creme de cebola em pó, salsa, cebolinho, sal, pimenta e azeite a gosto para temperar, 4 colheres de sopa de farinha de trigo ou até os ingredientes se envolverem e, por fim, vai ainda precisar do mesmo tipo de farinha ou de pão ralado para empanar.

Misture todos os ingredientes até criar uma massa. A seguir, unte as mãos com azeite ou óleo para criar pequenas bolinhas. O passo seguinte é envolve-las em farinha ou no pão ralado para empanar e levá-las a fritar até ficarem douradas.  

Empadão de vegetais

Tem legumes a mais no frigorífico? Porque não pegar neles e fazer um empadão de arroz? Com uma pitada de azeite refogue uma cebola e dois dentes de alho picados. Corte os legumes que selecionou, não exclua os talos, mas lembre-se de os cortar num tamanho pequeno.

Junte os legumes ao refogado, acrescente milho e 5 decilitros de vinho branco. Mexa e deixe cozinhar. À parte, coza arroz suficiente para cobrir duas vezes um tabuleiro. Coloque a primeira camada para fazer a base, a seguir adicione os legumes e volte a cobrir com arroz. Antes de colocar no forno a gratinar, pincele a parte superior com gema de ovo. No final, terá uma refeição vegetariana, nutritiva e amiga do ambiente.

Lanches ZERO Desperdício

Quer seja em casa ou na escola, a hora do lanche também se quer sem deixar estragar alimentos.

Fazer batidos ou sumos naturais para aproveitar a fruta já demasiado madura é uma boa forma de combater o desperdício e dar um lanche saudável aos mais pequenos. Por exemplo, quando as bananas já começam a parecer mais acastanhadas é a altura ideal para as cortar aos pedaços, juntar leite, frutas e legumes e fazer um batido. O mesmo acontece com maçãs, peras ou pêssegos que esperam até ao último minuto para saírem da fruteira.

Para aproveitar 4 pêssegos pode cortá-los aos pedaços, retirar o caroço, juntá-los ao sumo de um limão e adicionar um litro de água. Pode juntar algum tipo de adoçante se preferir. Mexer tudo durante uns minutos na liquidificadora ou com a varinha mágica e colocar num copo hermético para ir na lancheira ou guardar no frigorífico para servir a copo.

Se já tem como consumir a fruta, mas sobram-lhe as cascas, a RECICLA deixa-lhe aqui duas ideias do que fazer com elas.

Agora que já tem o sumo, falta a sandes ou a tosta. Porque não barrar o pão com um doce caseiro feito de uma receita zero desperdício? Já pensou em reaproveitar a casca do melão ou da melancia? Deixamos-lhe aqui as receitas.

Aproveite os alimentos, poupe a carteira e o ambiente. Experimente estas receitas e comece já hoje a tornar as refeições de toda a família mais sustentáveis.